noticias39 Seja bem vindo ao nosso site Web TV e Rádio Nacional!

Centro Oeste

Fiscalização contra pesca predatória na região do Araguaia apreende armas de fogo, redes e tarrafas

Operação abrangeu os rios Araguaia, Fontoura, Crisóstomo e Tapirapé; três pessoas foram conduzidas para delegacia

Publicada em 14/05/24 às 08:11h

Web TV e Rádio Nacional/Sema MT


Compartilhe
Compartilhar a noticia Fiscalização contra pesca predatória na região do Araguaia apreende armas de fogo, redes e tarrafas  Compartilhar a noticia Fiscalização contra pesca predatória na região do Araguaia apreende armas de fogo, redes e tarrafas  Compartilhar a noticia Fiscalização contra pesca predatória na região do Araguaia apreende armas de fogo, redes e tarrafas

Link da Notícia:

Fiscalização contra pesca predatória na região do Araguaia apreende armas de fogo, redes e tarrafas
 (Foto: Sema/MT)

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) realizou operação contra pesca predatória nos rios Araguaia, Fontoura, Crisóstomo e Tapirapé e  resultou com apreensões de armas, petrechos e três pessoas conduzidas para delegacia.

A operação, coordenada pela Unidade Desconcentrada de Confresa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (DUD/Sema-MT), aconteceu entre os dias 9 e 13 de maio e teve a parceria da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar de Proteção Ambiental do Araguaia, sediada em Barra do Garças.

Foram apreendidas pela equipe de fiscalização oito redes de pesca e três tarrafas no rio Araguaia e 4 armas de fogo, 3 no rio Tapirapé e uma no rio Fontoura.

Fiscalização 

A Sema está com fiscalização constante em todas as regiões do Estado em operações embarcadas e em barreiras terrestres como forma de coibir a pesca predatória com o uso de rede, tarrafa e outros métodos ilegais.

Denúncias

A pesca ilegal e outros crimes ambientais devem ser denunciados à Ouvidoria Setorial da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, pelo 0800 065 3838, pelo aplicativo MT Cidadão ou em uma das regionais da Sema.
 
Quem se deparar com algum crime ambiental também pode denunciar por meio do contato da Polícia Militar 190. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (82)996922974

Copyright (c) 2024 - Web TV e Rádio Nacional - Inovação em Comunicação
Converse conosco pelo Whatsapp!