noticias262 Seja bem vindo ao nosso site Web TV e Rádio Nacional!

Nordeste

Alagoas | Centro de Mediação Escolar impactou 897 estudantes em 2022

Equipe coordenada pela juíza Ana Florinda Dantas atuou em 9 escolas difundindo valores de pacificação social

Publicada em 13/02/23 às 14:57h

Web TV e Rádio Nacional com Dicom TJAL


Compartilhe
Compartilhar a noticia Alagoas | Centro de Mediação Escolar impactou 897 estudantes em 2022  Compartilhar a noticia Alagoas | Centro de Mediação Escolar impactou 897 estudantes em 2022  Compartilhar a noticia Alagoas | Centro de Mediação Escolar impactou 897 estudantes em 2022

Link da Notícia:

Alagoas | Centro de Mediação Escolar impactou 897 estudantes em 2022
 (Foto: Dicom TJAL)

O Centro de Conciliação e Mediação Escolar e Comunitário (CCMEC), do Judiciário de Alagoas, impactou 897 estudantes de 9 escolas da rede estadual de ensino, ao longo de 2022. O Centro combate a violência ao difundir a mediação e conciliação, transmitir noções das normas que regem a sociedade, e promover valores de pacificação social.

A equipe, coordenada pela juíza Ana Florinda Dantas, capacitou 71 “agentes multiplicadores da paz”, entre entre professores e diretores das escolas, e acadêmicos do Centro Universitário Cesmac. O trabalho também conta com o apoio da Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

As rodas de conversa promovidas pelo CCMEC nas escolas são uma importante ferramenta de sensibilização dos alunos. Nelas, são debatidos temas relevantes como bullying, empatia, direitos e deveres estabelecidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e pela Constituição Federal Brasileira, violência doméstica, relação aluno-professor, homofobia, drogas e violência escolar.

"Levando a cultura da paz para a escola a gente atinge uma comunidade que está em formação educacional e social", avalia a juíza Ana Florinda.

A magistrada destaca a colaboração da Secretaria de Educação e do Cesmac neste projeto. "O Poder Judiciário não tem instrumentos para trabalhar sozinho num projeto dessa importância. Então eu fico muito feliz da gente ter essas parcerias, sem as quais seria talvez até impossível a gente pensar num projeto do modo como está sendo feito hoje".

O Centro deve dar continuidade às ações que foram desenvolvidas no ano passado, conforme já alinhado com o Cesmac e com o secretário de Educação, Marcius Beltrão, em reunião na quinta-feira (9).

A equipe do CCMEC é formada por profissionais capacitados para a mediação e conciliação de conflitos. Além da juíza Ana Florinda, fazem parte da equipe a professora Sônia Soares, a psicóloga Josimea Pino, as mediadoras Cleonice Silveira e Kamila Brandão e alunos extensionistas do Cesmac.

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (82)996922974

Copyright (c) 2024 - Web TV e Rádio Nacional - Inovação em Comunicação
Converse conosco pelo Whatsapp!