noticias533 Seja bem vindo ao nosso site Web TV e Rádio Nacional!

Nordeste

Júri condena homem por matar cobrador de van em disputa por passageiros

Vítima teria cobrado um real mais barato por passagem de van; crime ocorreu em junho de 2007, no Santos Dumont

Publicada em 27/03/23 às 20:36h

Web TV e Rádio Nacional com Dicom TJAL


Compartilhe
Compartilhar a noticia Júri condena homem por matar cobrador de van em disputa por passageiros  Compartilhar a noticia Júri condena homem por matar cobrador de van em disputa por passageiros  Compartilhar a noticia Júri condena homem por matar cobrador de van em disputa por passageiros

Link da Notícia:

Júri condena homem por matar cobrador de van em disputa por passageiros
 (Foto: Dicom TJAL)

O réu José Severino da Silva foi condenado a 23 anos e tręs meses de reclusăo pelo homicídio qualificado de Pedro Henrique de Albuquerque, ocorrido em 2007. O júri foi conduzido pelo juiz Geraldo Cavalcante Amorim, da 9Ş Vara Criminal da Capital/Tribunal do Júri, nesta segunda (27).

O crime aconteceu em 12 de junho de 2007, na BR-316, no Conjunto Santos Dumont, Maceió. Segundo os autos, a vítima era cobradora de transporte alternativo e fazia o trajeto Maceió-Campo Alegre. O réu, que fazia transporte clandestino de passageiros, teria perdido clientes para a vítima pela diferença de R$ 1,00 no valor da passagem de van.

José Severino já havia confessado o crime quando interrogado em juízo, quando afirmou acreditar ter efetuado dois disparos de arma de fogo contra a vítima.

A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado, pois segundo o magistrado, o réu apresenta propensăo ŕ prática delituosa.

“Denota-se que se trata de réu com aparente propensăo ŕ prática de delitos e que, no momento, a medida segregatória é necessária para a garantia da ordem pública e para assegurar a aplicaçăo da lei penal, diante dos indícios de que o réu esteve se furtando da aplicaçăo da lei penal, já que somente foi encontrado no município de Palmares, no Estado de Pernambuco, para onde foi dias após o cometimento do delito”, destacou o juiz.

 

Matéria referente ao Processo nş 0050374-11.2008.8.02.0001

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (82)996922974

Copyright (c) 2024 - Web TV e Rádio Nacional - Inovaçăo em Comunicaçăo
Converse conosco pelo Whatsapp!